Vinda de Ribeirão Preto me apaixonei por São Paulo durante a faculdade de arquitetura, ali encontrei minha profissão e meu marido. Por muitos anos atuei em projetos residenciais, bancários e hospitalares que no momento me preenchiam mas sempre senti uma pontada estranha, como se estivesse faltando alguma coisa.

Quando as crianças nasceram percebi que nunca conseguiria conciliar meu ritmo de trabalho com o tipo de maternagem que havia escolhido e aquela pontada foi crescendo e crescendo.

Entendi que o que eu queria era criar, desenhar, pintar, fazer coisas bonitas e ser feliz. 

Jonny me incentivou a fazer cursos para encontrar qual seria meu novo caminho e assim em uma aula qualquer descobri a estamparia e foi isso, me apaixonei e nunca mais parei.